I'm Sininho,

I'm Sininho,
nice to meet you.

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

o Natal e a Famíla

Quando era pequena adorava ver aqueles filmes de Natal onde as familias se reunem de varios cantos do pais para jantar na consoada. Pais que perdem voos para casa a poucas horas do jantar; prendas de última hora; os primos que moram a centenas de kms de distancia e so se vêm nesta data; a mesa de Natal cheia de comida com aspecto delicioso..., isto aliado aos simbolos natalicios: o pai natal, a neve, o frio, casacos, a lareira..., bem que bom que é.

Claro que o meu natal era uma noite igual às outras: um jantar a quatro e depois de dormir uma noite longa, lá estavam as prendinhas que o menino Jesus trazia(roupa), vestiamo-la e lá iamos à missinha.

Este cenário mudou radicalmente quando nasceu a minha sobrinha. Passamos a trocar as prendas logo apos o jantarinho de Natal. Era um jantar bem mais animado e cada vez mais à medida que a familia foi crescendo.

É bom ver as crianças excitadas com tanta coisa à sua volta, meses antes lá andam com as listas para a tia, tio, mãe, avós, etc e tal. Como disse noutro post anterior, o Natal é das e para as crianças. No entanto....,

quem disse que natal era sinónimo de reunião de familia??!?!

Ora este ano vamos jantar aos meus pais, ora amanhã almoçar aos teus; ora no ano passado jantámos em casa do meu pai e almoçámos em casa da tua tia, ora este ano temos de ir à almoçar à minha mãe e jantar ao meu pai ....

É impossivel reunir todos sem ficar um tio da cunhada do irmão ou a mãe da esposa do primo mais velho da parte do pai... confusos?, também eu!!

Na minha opinião o Natal devia ser quando uma pessoa quisesse e desta vêz no sentido mais literal, isto é cada familia decidia quando era Natal e assim nunca nem havia a avalanche de presentes que acontece, não ficava ninguém amuado só porque desta vêz o neto não veio passar o Natal cá em casa..., era tudo uma questão de agendas!!!, é só uma ideia :P

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

BIMBY para a familia

Para agora que estamos pertinho do Natal....

http://donabimby.blogspot.com/
http://bimbyefamilia.blogspot.com/
http://luisaalexandramarques.blogspot.com/

.... quem é amiga quem é?!
Devo dizer que desde que este 'bicho' entrou cá em casa nunca mais usei uma panelinha que seja.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Manhã com adrenalina

Descobri que o meu lugar tem um lado A e um lado B.
É tarefa do Peter Pan mas hoje calhou-me ter de atestar o deposito da viatura e como agora é moda as gasolineiras terem serviço self-service, escolho sempre uma onde ainda se faça serviço tradicional: o meu vizinho (mais ou menos 1 km de distancia).
Talvêz por a estação estar na direcçao oposta à que costumo fazer não estou habituada a tanta agitaçao no transito local. Faço uns 4 km até à cidade(quando chego à cidade já despertei o suficiente) praticamente de olhos fechados e correndo o risco de não parar nos cruzamentos já que não há carros aquela hora… hoje, só porque virei para a direita em vez de virar para a esquerda como é costume ao sair do portão, descubro uma aldeia cosmopolita: é que além da quantidade de carros era a velocidade que levavam… bolas!!, medo.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Almoço de turma 1997

É verdade, já passaram 12 anos …, tempo suficiente para repetir toda a carreira de estudante cumprida.
Todos os anos um de nós tem a tarefa de reunir a turma e um ou outro professor para um almoço ou jantar. É giro vermo-nos uns aos outros com os respectivos conjuges e nalguns casos, filhos.
Eramos definitivamente a turma mais coesa, homogenea do Externato, andávamos sempre juntos e estudávamos juntos… É o que estes jantares/almoços têm de bom é que andamos aqueles dias antes e depois a recordar episodios daquele tempo, por ex. o 'Élio' ter apanhado uma verdadeira bebedeira e deu um beijo na boca da prof. de física(que era a coisinha mais feia e parva do universo, ninguém, mas mesmo ninguém gostava dela(talvêz os pais…)) ou daquela vez que, ainda o 'Élio' inventou no dia das mentiras que ía ser pai e tinha de deixar a escola, mentira esta que durou meses a ser comentada até pelos professores…, só com a aproximação da data do suposto casamento é que se começou a perceber que era mentira!!!
O tema de conversa é sempre o mesmo ou seja, as nossas figuras e as notas que tiravamos naquele tempo.
É curioso porque naquela altura falávamos de tudo menos das aulas e das notas.

Beijão grande para o 12ªCT1 96/97

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Lego/playmobil/escavadoras

O junior lá de casa está quase a fazer 14 meses que por sua vez é quase 18 meses, isto quer dizer que já pode brincar com a maioria os brinquedos de ‘adultos’.
Talvêz por ter crescido com um irmão mais velho e ou brincava como ele queria ou brincava como ele me obrigava, nunca soube brincar com bonecas. Sempre gostei de fazer construçoes com legos, fazer pistas e estradinhas na terra para os carrinhos, e coisas do genero que não encaixa no perfil de ‘menina’.
Ora agora é que é!! Temos uma divisão só para ‘vrum vrums’, catchapum’s, popós, e outros demais…
é pó menino, pá mae e pó pai… as crianças divertem-se e o bebé assiste, lol

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

De que vale saber trocar um pneu se não se tem força para mover 1mm dum perne?!

(que vergonha)

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

dúvida pertinente (ou não)...

Alguém que tenha feito tanta operação plástica, como a Cher quando morrer (esperemos que não tão cedo) vai para o eco-ponto amarelo ou lixo comum? E se é para a caixinha amarela, até quantas operações plásticas se podem fazer para ir para a secção do lixo comum?

...............

terça-feira, 24 de novembro de 2009

porque ganhamos rugas

Hoje tive uma revelação e descobri porque ganhamos rugas...
Não, não é pela falta de colagéneo na pele, envelhecimento dos tecidos..., na na na, nada disso!!
Começamos todos a ganhar rugas porque as crianças pequeninas(+/- 13 meses) apertam-nos as bochechas, olhos, nariz, boca com aquelas mãozinhas pequeninininhas como se a nossa cara fosse uma folha de papel antes de voar até ao caixote do lixo(azul) mais próximo :)

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Vem aí o natal

Normalmente começo a fazer as listas de Natal em Outubro mas..., SOCORRO.... já é meio de Novembro e ainda não pensei em nada...
Todos os anos prometo a mim mesma que só vou pensar nos mais 'pikenos' mas é num misto de contentamento e num ‘nem tão contente assim’ que verifico que tenho o dobro dos pequenos na minha lista. Se por um lado uns crescem e deixam de ser crianças, por outro nascem cada vez mais. Mas também o facto de deixarem de serem crianças não diminui a minha lista, aumenta antes o orçamento de custo, pois já não querem qualquer coisa mas sim um jogo XPTO + um telemovel XPTP ou coisa que o valhe…, enfim..,
O natal é para as crianças

terça-feira, 17 de novembro de 2009

sim, sim, eu sei!!, continuo com posts atrasados... :( mas eu ando tããããão cansadinhaaa!!

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Excesso de testosterona??, nãããã…

Isto de nascer, crescer e comportar-me como uma menina tem dias que enjoa e não me refiro só ao sentido literal da palavra.
Quem disse que por ser mulher tenho de me maquilhar; gostar de compras e/ou ver montras; saltos altos; acessórios como brincos, pulseiras, fios, cintos, malas, sapatos e afins?! Aaaai, como adoro os meus tenis, jean’s e t’shirt branca ou preta…,
ok, não uso exclusivamente esta indumentária, mas que é como me sinto mais confortável no meu dia-a-dia, lá isso é.

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

chegou o outono de vêz?

Depois de 3 dias seguidos a chover começo a acreditar que finalmente chegou o outono porque até aqui só se tem manisfestado na cor das folhas das árvores, já que ventinho, frio e chuva eram elementos que não se adivinhavam ''atrás daserra''(expressão utilizada por quem vive entre o a costa e a serra de Mira d'Aire e Candeeiros). Começam agora os comentários ''Chuva... brrr que chatice''; ''podia chover só durante a noite''; ''só gosto de chuva quando estou no quentinho da cama ou do sofá''... Mas o que é isto?!?!? O que tem a chuva e o frio de mal?! Adora andar à chuva, senti-la bater na cara, sentir o frio no corpo, os casacos e cachecois... E admitamos que é bastante mais romantico o frio do que o calor, também gosto do verão, claro, e por sua vêz também é melhor que o inverno nalgumas situações..., mas romance/ROMANCE é no inverno, namorar à lareira na companhia de um vinho decantado......... e mais não digo, eheheh

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

experiências paralelas

Desde que o Luis nasceu, há um mês que não via a Mariana. Trocámos felicidades, vivencias e parece que quanto mais falamos mais sentimentos temos em comum. Se há partos complicados que marcam a mãe para sempre nos nossos casos o parto foi o mais facil e o pior estaria para vir. Vinha com ar de ‘felicidade cansada’, ar de quem não tem espaço para si desde que chegou do hospital, ar de quem quer saborear o filho com toda a gula que lhe é de direito mas que por alguma razão não lhe é permitido. Visitas indesejadas que a boa educação nos obriga a receber com sorrisos, sentenças que ouvimos como se fossem guia de sobrevivencia para o bebé como se não soubessemos ser mães...., situações que nos aborrecem enquanto pessoas e que nos levam à depressão (que não foi o nosso caso). Cada dia que passa não voltará atrás e se não aproveitarmos esse dia nunca mais o poderemos fazer, portanto há que viver os nossos filhos todos os dias a cada segundo e é imperativo que ninguém interfira com isso.
Portanto, sras mais crescidas que já foram mães há pelo menos 20 anos atrás: se não aproveitaram a infancia dos vossos filhos não tentem viver a dos filhos dos outros; Se há 20 anos educaram pela 1ª vez uma criança e correu bem, agora tb somos capazes; e quanto às sentenças, pagamos ao pediatra para alguma coisa ou não? Nesta fase de puerpério as hormonas andam aos saltos, ao pé-cochinho, a correr, sei lá…, portanto é bastante complicado gerir um conjunto de situações e para quem co-habita com estas recem-mamãs deviam receber uma medalha pela ‘pachora’, sim porque os recem-papás tb sofrem um desgaste e não é pera doce. Quando uma criança nasce, e principalmente se for a primeira esta sofre uma avalanche de atenções e espectativas de toda a gente que a rodeia mas os pais deixam de ser tidos ou achados por algum tempo. A questão é que quem é pai pela primeira vêz não está preparado para esta invasão de espaço.
Assim sendo: deixem os pais lamber a cria até apanhar uma ‘overdose’ de baba!! eheheh ;)

Beijo para a Mariana e também para a Kateline, onde quer que ela esteja.

mimem-me muito muito!!!

Aquela menina linda Teresa Santos farta-se de me mimar, o que não me faço nadica rogada ;)
Muito muito obrigada, Teresa.
Desta vez ofereceu-me um selinho de 'cinco revelações' que implica completar as seguintes alineas:
a) Eu já ...
b) Eu nunca …
c) Eu sei ...
d) Eu quero...
e) Eu sonho …


Então........., cá vai. (depois não te quiexes)

a) Eu já sou mãe;
b) Eu nunca sei onde deixei o telemóvel e as chaves;
c) Eu sei que vamos todos apanhar a Gripe A;
d) Eu quero ter um mês inteirinho de férias;
e) Eu sonho que vou a caminhar sobre um muro alto que suporta o terreno do lado esquerdo e escorrega-me o pé do lado direito, acordo sempre quando sinto o pé a escorregar.

E ''prontos'', já está.

O outro miminho da Teresa foi este lindo selo. Parece que o meu blogue é Instigante..., e isso significa que

''além da assiduidade das postagens e do esmero com que são feitos, nos provocam a necessidade de reflectir, questionar, aprender e – sobretudo – que instigam almas e mentes à procura de conhecimento e sabedoria.''
Obrigada mesmo ;)



Gaija que é gaija tem de ter


Gaija que é gaija tem que saber de coisas muito dificeis!, digo-vos eu porque até tenho aspecto de gaija(garanto que sim) mas não tenho muito jeito para isto.... Tem de ter uma escova para as sobrancelhas(sim, é verdade..., pasmem-se!), uma escova para o cabelo quando este está comprido, outra para quando está curto e ainda mais uma para a franja se existir(mas se não existir tem de ter à mesma porque nunca se sabe quando se vai sair do cabeleireiro com uma franja e gaija que é gaija não pode estar desprevenida…). Tem de ter um creme para a palpebra do olho esquerdo e outro creme para a unha do dedo mindinho do pé direito.
Ora a questão é que eu só aplico um creme hidratante embora teime em comprar todas as tretas de gaija com direito a base, rimel, sombras e afins. E foi neste fim de semana que descobri dois frasquinhos iguaizinhos no meu estojo de gaija com a diferença que um dizia ‘balancing moisturiser’ e outro ‘enriched moisturiser’. E agora?! Alguém me ajude e me diga qual a diferença? (desconfio que o primeiro é o tal que hidrata e o segundo é uma especie de máscara..., e não será mais fácil tratar os bois pelos nomes???). Mas se calhar nem vale a pena, já nem me lembro quando comprei….

Ups, esqueci-me que tenho um blogue…

Pois é.., isto de ter uma quinta no facebook e um salão para gerir, um filho para criar e um marido para mimar não dá tréguas aqui à jota ;)
Prometo dedicar-me com mais afinco daqui em diante.

sábado, 17 de outubro de 2009

afinal Luciana Abreu tem um neurónio 'a dar luz'

''As pessoas que normalmente nos criticam são pessoas que se sentem inferiores, mal amadas e complexadas'', Luciana Abreu

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

dicionário Sininho-Português/Português-Sininho

bolinhas amarelas que se descascam e comem- tremoços
aquele aparelho que suga o lixo do chão- aspirador
plim plim plim- boneco infantil de corda com musica
aquele azul, com um garfo na ponta- pente de ripar cabelo(o meu pente de ripar é azul)
Bruno, Nuno ou Hugo- Nuno, Hugo ou Bruno(nunca acerto)
Cascatas nos olhos- cataratas nos olhos

(este post ainda está em construção)

terça-feira, 13 de outubro de 2009

FarmVille


Estou só à espera que passe meia-hora para apanhar os morangos que plantei da minha quinta...

Isto de agro-pecuária não é facil, não há fins-de-semana nem férias.

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Amor é...

mãe: oh filha, já era tempo de teres um filho!
filha: mas ainda nem me casei..., o pai tinha um ataque cardíaco...
mãe: então mas tu vais ficando cada vêz mais velha e depois podes não poder ter filhos, quanto ao teu pai, pode ser que escape...

isto é que é preocupação pelo marido!!

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

abracinho bom

''Pela lufada de ar fresco, pela alegria que nos transmite.'' foi a razão pela qual merecí um abração da Teresa Santos. Muito obrigada pelo miminho :)O Gato "abracinho" foi desenhado pelo Gato do Castelo, segundo o qual: "A imagem lá em cima é um gatafunho meu. Um auto-retrato figurado de como o Gato abraça: com dois braços tão grandes tão mas tão grandes, capazes de engolfar o mundo, e um coração que não cabe lá dentro". Parece que tem vindo a ser roubado de uns abraços para outros e como 'quem rouba ladrão, tem 100 anos de perdão' também usei o cartoon mas desta vêz para o devolver ao seu criador (já se percebe no fim do post).

O abraço vem acompanhado de um desafio que consiste em responder a três perguntas, são elas:
1 - Quem mais gostas de abraçar no presente?
O meu filho.

2 - Quem nunca abraçarias?
Vale dizer animais? - um rato.

3 - Quem davas tudo para poder abraçar?
Os meus avós maternos. Já faleceram ha muito tempo mas desde que a minha avó morreu, tinha eu 9 anos, acreditei que ela estaria sentada sob um único sobreiro numa imensa planicie semeada de trigo.... 5 anos depois morreu o meu avô que foi juntar-se à minha avó e assim continuaram e vão continuar.


Depois de desafio cumprido vou passá-lo a alguns vizinhos que passo a referir:

o gato do castelo

disparatum es

universos paralelos

conversas daqui e dali

se calhar não devia poder conduzir... parte II

Era sábado e estávamos de casamento. Eu que sou FORRETA fui trabalhar à mesma, pelo menos para ajudar a pagar a prendinha... é que não basta o que vou gastar como ainda o que deixo de ganhar..., nã nã nã..., vou trabalhar, pois então!! Mais tarde o Peter Pan ía ter comigo ao salão, eu tomava um duche rápido, aperaltava-me e lá íamos.
Bom, e posto isto, o Peter Pan ficou com o carro para o limpar enquanto eu levava o mais velhinho. Quando o estava a estacionar foi preciso uma força titânica para fazer a manobra e pensei: 'pois, habituas-te ao fácil e esqueces-te depressa do velho... isto, carros com direcção assistida a braços..., irra'.
À tarde, quando o Peter Pan chegou, perguntou-me: ' Já viste que tens um pneu furado?', ao que eu respondí: 'Não..., então foi por isso que quase deixava o carro atravessado na rua?!, Então há quanto tempo eu já vinha com o carro furado?!' e ele responde com a cara mais condescendente do mundo: ' Há muito tempo, pelo estado da jante...'.
E o mais grave é que se não fosse o Peter Pan vir ter comigo eu ía fazer mais 20 km com o pneu furado sem dar por nada...




Agora, psicologos deste país(ou doutro qualquer desde que me respondam em português) expliquem-me como isto é possivel...

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

se calhar não devia poder conduzir....

O Peter Pan precisava de ir ao supermercado que fechava às nove horas da noite e eu que já tinha saido tarde fui ter com ele. Comprinhas feitas e pegámos cada um no seu veículo, eu primeiro. É então que o meu Peter Pan, um brincalhão 'de primeira apanha', começa de fazer-me sinais de luzes a cada 10 metros... e eu fazia também, pois tá claro!!

Só depois de atravessar a cidade de uma ponta à outra e sigo por uma rua sem luz é que percebo que não tinha ligado as luzes do 'automoble'.

Convém dizer que era inverno.

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

1 ano de coisas boas


E pronto, já passou 1 ano desde aquela manhã que me senti ligeiramente molhada e a minha unica preocupação era NÃO SUJAR OS MEUS RICOS TAPETES... E não acreditando que fosse o inicio do trabalho de parto lá fui eu para o hospital. Passadas 3 horas nasce o Lourenço. Foi tão rápido que nem ouve tempo para epidural nem corte perineal nem nada... Estava tão alienada que olhar para ele ou para um braço meu a emoção era a mesma. Lembro-me de mais tarde olhar para o meu filho e pensar: 'até nem é feio...'.

És o meu orgulho, o meu sorriso, a minha felicidade..., és meu.
Adoro-te Bebé, beijo da mãe :)

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

20 minutos de psicologo 2x ao dia

Quando as pessoas percebem onde moro ficam admiradas como fui trabalhar para tão longe. A verdade é que nunca me imaginei a trabalhar ao lado de casa e gosto da distancia para colocar ideias (e nervos) em ordem. Enquanto trabalhei por conta de outrem foi optimo, tinha um bom ambiente de trabalho, colegas cooperativas, clientes sempre bem dispostas e amorosas, no entanto só tinha 4 ou 5 minutos de carro para exorcisar o meu mau feitio. Chegada a casa e voava tudo à minha frente, a minha mãe dizia 'pronto, vê-se que já chegaste' num tom desesperado como se lhe tivesse acabado o descanso. Depois de um dia inteiro sempre em pé, sob o stress de clientes com pressa, barulho de secadores..., cinco minutos era pouco para recuperar a calma antes de chegar a casa. Hoje tenho 20 minutos para gritar, ralhar, falar, rir, sorrir, cantarolar(berrar) antes de entrar na garagem e abrir a porta de casa com um sorriso de orelha a orelha e dizer: 'Olá família!', bem isto era quando o júnior lá de casa ainda estava na ama e era o pai que o ía buscar porque agora é a familia que chega a casa e digo eu (porque o pikeno ainda não fala português contemporaneo): 'Olá pai, a familia chegou!'.
E deste modo o meu carro está carregado de más energias que vou depositando todos os dias a favor da minha boa disposição ;)

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

meditar?... sim, claro!

''Ah sim, meditação é optimo para a mente. Ajuda-nos a ponderar melhor as respostas que damos às pessoas que nos rodeiam. Já avisei os meus colegas que agora têm de ter paciencia comigo porque estou a atravessar uma fase critica. E lá vou eu meditar uma hora... com pouca vontade, pode acreditar, bem me apetecia fazer outras coisas. Mas vou meditar para ficar mais calma.'' by Alguém Bem Disposta e que me faz rir


ou se medita com vontade de o fazer ou se não o for, desconfio que não dê muito resultado...

domingo, 20 de setembro de 2009

Satisfação MÁXIMA com a TMN, e a saga continua...

Eis a resposta dos sres ao meu pedido de rescisao de contrato pelos motivos já falados aqui:

"Cara Sª D.**** *******,
No seguimento do seu contacto, que mereceu a nossa melhor atenção( outra coisa não seria de esperar...), informamos que o cartão banda larga nº********* encontra-se fidelizado até á data de 2010-02-25, pelo que se pretender o cancelamento do contrato será emitida uma factura de incumprimento contratual onde será debitado ao cliente o valor das restantes mensalidades até ao término do contrato, pelo não cumprimento do mesmo. (boa, muito boa..., continuo a pagar um serviço ficticio)
Em todo o caso verificamos a cobertura de rede na zona da sua residencia e confirmamos que existe cobertura de rede banda larga na sua zona de residência. (mas é suposto ser um serviço móvel..., ou será que só conta se sair do quarto para a sala?) No entanto, não nos é possível garantir a cobertura no interior de edifícios uma vez que esta depende da localização do mesmo e do terreno onde está localizado, bem como de factores como:
a)Espessura das paredes;
b)Orientação do edifício;
c)Obstáculos nas redondezas;
Estes factores, entre outros, poderão ocasionalmente gerar níveis de sinal mais fracos que não permitam estabelecer comunicações. ( ah e agora é que avisam?)
Assim, apelamos à sua compreensão no que refere a situações desta natureza, salientando que continuamos a investir no melhoramento da qualidade e numa maior abrangência do sinal transmitido pela tmn; (nem duvido...)
Por último, agradecemos a confiança que depositou na tmn, bem como o seu contacto e qualquer informação ou sugestão que nos queira transmitir no futuro ( oh meus sres, confiança é o que não me falta..., obrigadinha hem)"

... estou sem palavras...

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

cabeleireiro que é cabeleireiro...


...não gosta de cortar cabelo gratuitamente, e isto aplica-se, obviamente, nos sentidos literal e figurado da expressão. De uma vêz por todas, que fique bem claro que um cabeleireiro tem prazer (quase orgásmico, lol) de fazer transformações e isto pode significar cortar apenas 1cm(10mm) de cabelo; colocar uma cor, que não tem de ser tinta(como as nossas avós usavam) igual à cor natural da sra e isto serve apenas para dar brilho e até camuflar algumas pontas mais secas, espigadas ou quebradiças; alterar ligeiramente uma franja mantendo o seu comprimento...

bem tantas coisas se podem fazer que aos olhos de leigos são impreceptiveis mas que fazem toda a diferença.

Ainda não percebi porque é que as meninas preferem o cabelo a chegar às nadegas e com pontas que mais parecem arvores genealógicas, desde as orelhas...

e devo dizer que vivo profundamente inconformada com isto.

mais um premio

e qualquer dia tenho de arranjar um quartinho para eles todos, lol

e ganhei another one, eheheh, desta vêz pela mão de Disparatar é saudavel

por isso comprometo-me a:

  • deitar-me mais cedo hoje;
  • amanha, levantar-me ao primeiro toque do despertador;
  • fazer outro bolinho de fatia.

e premeio todos os meus seguidores

agora toca a outro e não ao mesmo ;)

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

bolo de yogurte africano

Como se faz?, muito bem, os ingredientes são os mesmíssimos da receita tradicional, a preparação também, só muda a temperatura do forno e o tempo de cozedura(melhor dizendo: o tempo de pose no forno). Simples, não é?, pois é. Mas eu queria mesmo era saber fazer um bolo de yogurte europeu, daqueles normaizinhos, estão a ver...
Há uns meses atras adquiri uma panela robot que me faz fazer maravilhas na cozinha. Tem receita para tudo, faz de tudo e também amassa este tipo de bolos mas infelizmente precisam de ir ao forno para cozer e essa parte é muito dificil :S -nunca acerto com o raio da temperatura, irra lá o forno...
Saiu um bolinho mais torradinho.... e crocante..., mmmm

Lá vou eu ter de gastar os ovos de outra forma, talvêz doce de ovos moles..., e viva o colesterol, é que assim é só colocar os ingredientes dentro da panelinha, seguir as instruções et voilá :)
(ler?, sim, sei ler, obrigada)

terça-feira, 8 de setembro de 2009

e porque isto não é só ganhar prémios...


Afinal estes prémios não são grátis..., é suposto copiar esta imagem, assumir 3 compromissos (à escolha) e nomear 10 blogues "viciantes"!

Muito bem, então comprometo-me a:


  1. ignorar as pessoas que me irritam solenemente (porque tenho uma vida pessoal, familiar e profissional para gerir);

  2. conduzir mais devagarinho (é que agora ando com uma criança no banco de trás do carro);

  3. fazer um bolo de fatia (ainda esta semana para gastar aqueles ovos todos).


E os nomeados para a categoria de 'Este blog é viciante' vai para (ordem alfabética):



Este blog foi premiado pela Austeriana na categoria de

'Este blog é viciante'


... O... O... Obrigada, fung fung... desculpem... estou emocionada e surpresa..., não estava à espera...
Agradeço à minha familia pelo apoio, às minhas colegas, amigos (e inimigos), agradeço ao cão e ao gato..., ah e ao piriquito, desculpem-me..., estou tão nervosa, agradeço também ao Sr. Florentino da mercearia e à D. Arceolinda da padaria por este prémio. Sem vocês nada disto seria possível.

Obrigada Austeriana, beijinho grande ;)

sábado, 5 de setembro de 2009

depressão pós-férias infantil

ya, o rapaz 'mai' novo lá de casa entrou esta semana no infantário, afinal já é um homem, hem!!
Pois bem, devo dizer que não tem sido fácil, agora tenho a sensação que o gajo só chora: desde sempre que acorda (A CHORAR) durante a noite pelo menos uma vêz para beber 'uma mine'(entenda-se por um biberão de leite); depois acorda sempre durante o meu banho (A CHORAR) e como o pai já saiu é um stress; deixo-o no infantário A CHORAR ou GRITAR (ainda não sei bem); e como tenho saudades do choro dele, em vêz de deixar que ele venha na carrinha dos meninos ao fim do dia, não.... vou busca-lo mais cedo, levo-o para o salão com clientes o que faz com que não lhe dê a atenção desejada e ele CHORA :S e quando enfim, chego a casa ainda tenho direito a uma birrinha de sono antes de todos irmos para a caminha :S

Já sei que ele só chora quando o deixo de manhã. Quando vou busca-lo à tarde está na maior com os outros meninos ou a fazer escalada pela auxiliar acima. Portanto para que raio vou eu busca-lo mais cedo se depois não faço mais nada no salão?! É que tenho de ganhar dinheiro para comprar fraldas e já repararam como são caríssimas ?!?!
Mas devo ainda dizer que já não pede tanto a chupeta e já bate palminhas e isto foi só em 4 dias de infantário..., desta feita, não sei como vai ser no fim do ano lectivo... sai de lá já a saber ler, lol

Nunca me esforcei muito para ensinar-lhe gracinhas deste genero (bater palminhas, dizer adeus, mandar beijinhos) porque além de eles aprenderem à mesma com os outros mais cedo ou mais tarde, faz-me confusão alguns pais fazerem disso um concurso para ver quem faz mais com menos idade e parece-me que os bebés não são bem macaquinhos de circo para serem apludidos pelos adultos quando fazem determinada 'gracinha'. É giro, sim, quando o fazem espontaneamente, claro que por imitação mas sem ser forçado...

terça-feira, 1 de setembro de 2009

vai cartão vermelho para:

Ena, ena um desafio para mim :)
Fiquei toda contente que o gato do castelo se tenha lembrado de mim, lá no alto da sua torre. E já que o fez, só tenho é de estar à altura da situação.

Parece que "Cada um deve fazer uma listinha com 10 escolhidos para dar o cartão vermelho. Pode ser uma pessoa, uma atitude, enfim, tudo aquilo que de alguma forma nos incomoda, se quiser e precisar, dê uma justificativa breve. Após fazer isso, passe a bola para mais cinco blogueiros e vamos ver no que dá...".
A questão é que como sou uma gaija porreira ;) não tenho grandes incomodações, no entanto...



vai cartão vermelho para:

  • Pessoas introvertidas(não me refiro às pessoas tímidas) porque são pessoas tão caladinhas e sem expressão facial que nunca sabemos se estão a pensar branco ou preto, são portanto a antítese de mim;
  • Chouriço, fiambre, bacon e afins no pão ou nas pizzas porque sempre foi assim;
  • Chamadas de callcenter para telemóveis porque não me interessa ter mais um cartão de crédito no natal ou um seguro para a pata esquerda do papagaio;
  • Praia e tudo o que lhe é inerente porque é muita areia a colar ao corpo, protector solar pegajoso, estacionamento impossível, areia às carradas para o carro, muito calor. Estranha, eu?!, nããã.;
  • Gasolineiras self-service porque sou comodista e gosto que me sirvam e porque acho que não tenho que fazer um serviço para o qual não sou paga;
  • Limpar o fogão e todo o trabalho doméstico porque nascí para ser rica(mas tenho de me contentar com o facto de ser uma rica mulher);
  • Alturas porque a força da gravidade é maior que a minha(recuso-me a descer escadas rolantes sem ir alguém no degrau à minha frente, muita miúfa, eu sei);
  • Falar estrangeiro em Portugal porque se formos ao estrangeiro ninguém fala português;
  • Ciclistas que encontro a caminho do trabalho porque eles gostam de ir ao lado uns dos outros a ocupar a faixa inteirinha e eu ainda vou a dormir;
  • Ódios de estimação porque todos temos de ter uma ou outra pessoa que sirva para descarregar todas as más energias (é verdade, confesso que existe uma ou outra pessoa que me apetece ‘esmurrar’ até ficar com tendinites nos braços, lol)

E 'prontes'... antes que a minha reputação se vá, devo dizer que estes cartões não são tão vermelhos assim..., são mais..., cor-de-rosa..., vá lá.., fushia... ai :S

E agora pontapé para:

Marina

Rafeiro Perfumado

Cexy

Disparatum es

Austeriana

e cuidado com os fora-de-jogo, lol

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

inicio de uma nova carreira

Esteve com a ama desde os 2 meses até agosto só porque não teve vaga no infantário antes. Este mês de agosto foi de loucos no salão: crianças e trabalho é qualquer coisa que não combine. No entanto foi bom estar mais tempo com o meu filho e ele até se portou bastante bem.
E pronto!, dia 31 de agosto, véspera de 1 de setembro: 1º dia de escolinha do Júnior lá de casa e o meu 1º dia como 'Encarregado de Educação' algo que me faz ainda especie.
No dia da inscrição, a directora perguntou quem iria ser o Encarregado de Educação e juro que a primeira coisa que me veio à cabeça foi o nome do meu pai... afinal foram 12 anos a responder o mesmo(é certo que já passaram uns 15 anos depois disso mas há coisas que ficam para a vida toda, lol).

sábado, 29 de agosto de 2009

mmmm


estou a saborear um caramelo portanto, não me apetece dizer nada

obrigada

domingo, 23 de agosto de 2009

mais um agosto, outro desgosto

Não sou paga para publicitar qualquer empresa de telecomunicações mas garanto que pago, e muito à TMN para não ter qualquer rede quer seja de telemóvel ou de internet móvel :S
Ele é ouvir as pessoas aos soluços, ele é mensagens 'page not found', ahgrrr
É a TMN que está mais perto do que é importante?!... aaaaaaaaahhhhhhhh, então é por isso que nunca está perto de mim, principalmente quando preciso.
.... Mas são queridos: dizem sempre 'até já'. E continuo à espera que apareça um tracinho de indicação de rede. E viva a esperança!

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

mais uma taxa para os portugueses

Até nem tenho nada contra os fumadores, principalmente desde 1 de Janeiro de 2008, mas a verdade é que algumas pessoas com este habito ainda gostam de provocar o pessoal...
Então provocação com provocação se paga: E porque não pagam uma taxa por estarem a poluir o nosso ar? Desta forma contribuem para a diminuição o défice e quem sabe, com a rapidez que isso aconteceria, até desse para baixar o IVA -é só uma ideia, ok-.

(desconfio que este post não vai ser muito popular)

sábado, 8 de agosto de 2009

concorrência, precisa-se

Faz hoje 6 semanas que os electrodomesticos da minha casa sofreram uma sobrecarga electrica devido ao corte acidental de um fio. A lista de queimados foi extensa: não sei quantas lâmpadas, um transformador, maquinas de lavar e de secar roupa, televisores, programador de rega, placa de não sei o quê da caldeira do aquecimento e ainda os reguladores de temperatura, os motores dos portões, videoporteiro, etc e etc e etc e tal. Fizemos a participação à edp logo na segunda-feira seguinte, que remeteu os custos para a seguradora e ainda estamos à espera do reembolso....
Se não comprar electricidade à edp, vou comprar a quem?

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

ATL's e afins

Ainda tinha idade para frequentar os infantarios(quase) e já me 'fazia alguma espécie' o facto destes fecharem em agosto. Compreendo que as auxiliares e educadoras precisem de tirar férias; compreendo que seja necessário fazer uma limpeza profunda; compreendo que caso o infantário estivesse aberto de noite alguns dos pais iam fazer uso disso mesmo e até compreendo que algumas instituições não têm verbas suficientes para suportar mais ordenados ao fim do mês, sim, porque esta seria a solução para resolver a questão em causa(ou não?!).
Para que a maioria das pessoas possa estar de férias em agosto existe uma minoria que trabalha a triplicar nesta época do ano, bem como vésperas de feriado e as pontes daí resultantes. Nesta altura que não há infantários abertos e os avós, tios ou vizinhos ainda estão numa faixa etária activa, onde deixar as crianças? Da parte de quem trabalha nestes locais os argumentos são verdadeiros mas 'nadissima' válidos, isto é, é verdade que alguns pais, se pudessem faziam dos infantarios um deposito para as suas crianças; nestes meses de praia é frequente ver as mães cheias de areia irem buscar os filhos que entretanto também gostaríam de ter ido... mas não foram. E perguntamos todos para que foram estes pais terem filhos se estão o minimo de tempo com eles? Por outro lado eles pagam as mensalidades para que os filhos estejam lá... temos alguma coisa com isso?, concorde ou não com estas atitudes, não é comigo e portanto não tenho nada que ver com isso. Outro argumento que é dado é que não é possível trabalhar com menos pessoas do que as existentes na instituição, e eu sei que em abril ou maio já estão metade das educadoras ou auxiliares de baixa(e compreendo bem porquê) mas nesta fase já conseguem funcionar a 'meio-gás'. Porque não fazer férias rotativas e contratar alguém para fazer o lugar?, esta ou estas pessoas estariam o ano todo a substituir alguém que estivesse ou de férias ou de baixa. 'Não existe dinheiro', existem subsidios do estado para 'tudo' e para melhorar a rotina e estabilidade dos nossos filhos(além de andar a saltitar da casa da prima para a casa do vizinha, a criança é contagiada pelo stress dos pais) e já agora contribuimos para a empregabilidade dos portugueses.

Com isto tudo, e só porque sou trabalhadora independente, não obstante o meu patrão(que sou eu)não concorde com o facto de manter crianças no local de trabalho, além das tesouras, pentes, escovas e secadores vou ter comigo três crianças no salão. Não sei se tenho mais pena de mim ou delas mas a coisa até tem resultado bem e quem sabe se isto dos cabelos der para o torto, chegar-me a crise, sei lá..., penso em abrir um ATL(actividades de tempos livres)


(dada a importancia do conteúdo, este texto merecia ser escrito por alguém que saiba de facto fazê-lo. Pelo menos eu tentei passar a mensagem.)

quinta-feira, 30 de julho de 2009

cágado ou tartaruga


Alguém achou e já agora, muito mal, que eu seria a pessoa ideal para educar 2 cágados. Pois bem, boa vontade até devo dizer que tenho mas jeito, veio a confirmar-se que não :S
Um casal nosso amigo tinha dois cágados do tamanho de santolas dentro de um aquário do tamanho do, da... de... bem, talvez de um microondas(as comparações que arranjo), por esta razão pediram-nos para ficar com eles. Trouxemo-los e colocámo-los temporariamente num espaço dedicado ao futuro cão da familia que ainda não existe mas já tem nome, portanto no canil. Deixámos-lhes comida e abrigo para aquela noite com a promessa de no dia seguinte melhorarmos as suas condições de alojamento. No outro dia de manhã logo cedinho lá estava a familia toda a contemplar os novos residentes. Reparámos que o Riscas era hiper-activo e o Ted hiper-passivo, além de que também tinham tendência para fujirem um do outro (pudera, tanto tempo em espaço limitado). Combinámos de comprar comida apropriada, um lago para colocar na relva e vedação para nao fujirem. Fizemos uma investigação sobre a espécie, se eram cágados ou tartarugas, aquáticas ou não, se eram aqueles que até são protegidos é não podem ser capturados (para que conste, não eram) e quando chegámos a casa todos contentinhos para montar a nova casa dos bichos.... não havia bichos. Desapareceram.
Fica aqui o pedido de uma familia triste: se encontrarem duas tartarugas com mochila às costas, digam qualquer coisa : O Riscas é preto com riscas amarelo-esverdeadas e tem a carapaça preta, o Ted era todo verde tropa...

quarta-feira, 29 de julho de 2009

'o meu filho já dorme sozinho no quarto' vitória do filho ou dos pais?

É verdade, o júnior lá de casa (recentemente também conhecido por Dumbo voador, ver em http://asininhonaterradonunca.blogspot.com/2009/07/queria-voar-voou-e-caiu.html) já dorme sozinho no quarto. Nada demais para uma criança que já tem quase 10 meses..., já para os pais e em particular para a mãe (que até calha a ser EU) é um acontecimento muito importante. Até aqui, sempre que alguém dizia que o filho já dormia sozinho, parecia que o merito era dele e não dos pais, afinal quem dorme sozinho é a criança. Mas não, os pais é que passam a noite a passear dum quarto para o outro, não dormem nada, ouvem todos os barulhos vindos do quarto do lado enquanto a criança dorme descansadinha. É mais ou menos como darmos os parabéns ao aniversariante quando quem teve o trabalhinho e já agora, as dorzinhas todas foi a MÃE :S enfim, incongruencias da vida. A partir de agora, sempre que alguém me disser que o seu filho já dorme no seu quarto sozinho, eu direi: '-Parabéns, minha senhora, tenha uma boa noite..'

quinta-feira, 23 de julho de 2009

A diferença entre ser sogra do genro e sogra da nora...



Duas distintas senhoras encontram-se após um bom tempo sem se verem e uma pergunta à outra:
-Como vão os seus dois filhos... a Lúcia e o Francisco?
-Ah! Querida... a Lúcia casou-se muito bem. Tem um marido maravilhoso. É ele que se levanta de madrugada para trocar as fraldas do meu netinho, faz o café da manhã, lava a louça e ajuda na limpeza da casa. Só depois é que sai para trabalhar. Um amor de genro! Deus que o abençoe!
-Que bom, amiga, e o Francisco? Casou também?
- Casou sim, querida, mas tadinho dele, teve muito azar. Casou-se muito mal... Imagina que ele tem que levantar de madrugada para trocar as fraldas do meu netinho, fazer o café da manhã, lavar a louça e ainda tem que ajudar na limpeza da casa! E depois de tudo isso ainda sai para trabalhar, para sustentar a preguiçosa da minha nora, aquela porca, nojenta!

Um homem está na cozinha, a estrelar um ovo, quando a mulher chega ecomeça a gritar, como uma louca:
- PÕE MAIS ÓLEO!!! PÕE MAIS ÓÓÓÓÓLEOOOO!!! VAI COLAR AO FUUUUUUNDO... CUIDADO!!! VIRA, VIRA, VIRA... RÁÁÁÁPIDO!!! VAI ESPIRRAR...!!!!!! OSAAAAAAALLLL!!!!! NÃO TE ESQUEÇAS DO SAAAAAALLL!!!
O homem, trémulo, transtornado e irritado com os berros, pergunta:
- O diabo da mulher!!! Por que é que estás a gritar dessa maneira?!? Achas que eu não sei fritar um ovo?
E a mulher, super calma, responde:
- Nada de especial. É só para teres uma ideia do que fazes comigoquando eu vou a conduzir!!! ...

ben-u-ron para o quê?!



Todas as manhãs gosto de saborear a minha piúga (entenda-se por meia-de-leite directa) na companhia do jornal do dia, mas às vezes chego depois de outros forretas que vão alí só para não gastarem uns trocos com meia-dúzia de páginas de jornal e tenho de me limitar ao já existente dos outros dias. Hoje foi um desses dias e portanto tive de me conformar com o suplemento de domingo do Correio Da Manhã e é neste quase 'nirvana' de prazer matinal que dou de caras com um título que me chama a atenção: 'Palavrões ajudam a diminuir a dor física'. Li e voltei a ler em voz alta: 'Pode ser incorrecto mas dizer palavrões é, afinal, bastante útil para diminuir a sensação de dor física, sugere um estudo levado a cabo numa universidade inglesa', e pronto.... ´so isto. Ora uma pessoa fica sem saber que palavrões são... serão daqueles que os médicos costumam dizer aos pacientes do tipo ' o sr tem uma rinototapitolofamagia aguda do lado direito'?, e já agora, tendo em conta que o estudo foi feito em terras de Sua Magestade, temos de dizer os tais palavrões em inglês para fazer o desejado efeito?...

quarta-feira, 22 de julho de 2009

possivel explicação para o defice de neurónios activos no meu cerebro

A minha infancia foi vivida sob o pavor de ser devolvida às minhas origens...,
Sengundo a teoria do meu irmão 10 anos mais velho, fui pescada pelas redes assassinas dos pescadores duma praia da nossa costa quando era bebé e posteriormente comprada por uns comerciantes ciganos na lota. Não me lembro de uma unica vez que a minha mãe tenha ido à feira mas o meu mano jurava que ela me tinha comprado lá ao srs ciganos. E conhecendo eu esta minha origem tinha de fazer TUDO o que o meu irmão mandava sob pena de ser devolvida aos ciganos.

segunda-feira, 20 de julho de 2009

dia de pagamento por conta :(

E até seria um dia bem agradável não fosse a mensagem que a contabilista deixou na minha caixa de correio: 'dia 20 é dia de pagamento por conta. :)'.
Como sou muito patriota e portanto boa portuguesa, vou fazê-lo agorinha mesmo que ainda são 23.34 do dia 20 de julho (e atenção que ainda estou com meia hora de avanço não vá a net falhar na hora H porque se não era mesmo às 23.59.)
ah pois é! Sou pior que o Malamene!! (não sabem quem é o Malamene?!?!?!?! Nem eu mas deve ser muito mau porque no final da oração do Pai Nosso diz-se: '... e livrai-nos do Malomene.')

sexta-feira, 17 de julho de 2009

CULTURA PERTEGUESA...porque o saber não ocupa lugar


Alevantar: O acto de levantar com convicção, com o ar de 'a mim ninguém me come por parvo!... alevantei-me e fui-me embora!'.
Amandar: O acto de atirar com força: 'O guarda-redes amandou a bola para bem longe'.
Aspergic: Medicamento português que mistura Aspegic com Aspirina.
Assentar: O acto de sentar, só que com muita força, como fosse um tijolo a cair no cimento.
Capom: Tampa de motor de carros que quando se fecha faz POM!
De modos que: são modos de falar... faz parte das grandes evoluções da língua portuguesa. Muito parecido com "é assim" embora deva ser colocado no final de cada frase ... de modos que não sei mais nada!
Destrocar: Trocar várias vezes a mesma nota até ficarmos com a mesma.
Destrocer: "destroce a direcção do carro" ou "distroce a direcção". Tinha ideia de ser "destorcer" (endireitar) ou "distorcer" mas sei pouco de português.
Disvorciada: Mulher que se diz por aí que se vai divorciar.
Baciado: diz-se que "o vidro está todo baciado" ... está cheio de bacias!!! "O vidro está embaciado" - aqui inclui um prefixo "em" que significa introdução ou superposição; mas isso é quando o vidro está mesmo muito "baciado".
É assim...: Talvez a maior evolução da língua portuguesa. Termo que não quer dizer nada e não serve para nada. Deve ser colocado no início de qualquer frase. Muito utilizado por jornalistas e intelectuais.
Fazer um questão: expressão muito apreciada pelos nossos pseudo-intelectuais. Diz-se "quero fazer um questão"... ora bem e "colocar uma pergunta"...
Entropeçar: Tropeçar duas vezes seguidas.
Êros: Moeda alternativa ao Euro, adoptada por alguns portugueses.
Falastes, dissestes...: Articulação na 4ª pessoa do singular. Ex.: eu falei, tu falaste, ele falou, TU FALASTES..
Fracturação: O resultado da soma do consumo de clientes em qualquer casa comercial.Casa que não fractura... não predura.
Há-des: Verbo 'haver' na 2ª pessoa do singular: 'Eu hei-de cá vir um dia; tu há-des cá vir um dia...'
Inclusiver: Forma de expressar que percebemos de um assunto. E digo mais: eu inclusiver acho esta palavra muita gira. Também existe a variante 'Inclusivel'.
: A forma mais prática de articular a palavra MEU e dar um ar afro à língua portuguesa, como 'bué' ou 'maning'. Ex.: Atão mô, tudo bem?Nha : Assim como Mô, é a forma mais prática de articular a palavra MINHA. Para quê perder tempo, não é? Fica sempre bem dizer 'Nha Mãe' e é uma poupança extraordinária.
Númaro: Também com a vertente 'númbaro'. Já está na Assembleia da República uma proposta de lei para se deixar de utilizar a palavra NÚMERO, a qual está em claro desuso. Por mim, acho um bom númaro!
Parteleira: Local ideal para guardar os livros de Protuguês do tempo da escola.
Perssunal: O contrário de amador. Muito utilizado por jogadores de futebol. Ex.:'Sou perssunal de futebol'. Dica: deve ser articulada de forma rápida.
Pitaxio: Aperitivo da classe do 'mindoím'.
Prontus: Usar o mais possível. É só dar vontade e podemos sempre soltar um 'prontus'! Fica sempre bem.
Prutugal: País ao lado da Espanha. Não é a Francia.
Quaise: Também é uma palavra muito apreciada pelos nossos pseudo-intelectuais... Ainda não percebi muito bem o quer dizer, mas o problema deve ser meu.
Sei que: "não se sabe o que aconteceu, sei que deve estar doente", significa "imagino que" ou "provavelmente".
Se me opuser: "eles é que não se opõem a fazer, porque se opusessem conseguiam"... por isso é que nunca conseguem...
Se você ver: Normalmente, cometem-se muitos equívocos quanto ao uso dos verbos ver e vir. O correto é, para o verbo VER, “ Se você vir minha amiga...”, “Se eu vir sua amiga, darei o recado...”. Já para o verbo VIR o correcto é “ Se você vier à minha festa, ficarei feliz..
Stander: Local de venda. A forma mais famosa é, sem dúvida, o 'stander' de automóveis. O 'stander' é um dos grandes clássicos do 'português da cromagem'...
Tipo: Juntamente com o 'É assim', faz parte das grandes evoluções da língua portuguesa. Também sem querer dizer nada, e não servindo para nada, pode ser usado quando se quiser, porque nunca está errado, nem certo. É assim... tipo, tás a ver?
Treuze: Palavras para quê? Todos nós conhecemos o númaro treuze.

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Porque é que os aviões caem?


Ultimamente ouve-se mais vezes notícias de mais um avião que caiu aqui, ali ou acolá e porquê?, por excesso de velocidade, claro está!, e depois despistam-se e caiem.

quando for grande NÃO quero ser polícia


Quase todos os dias enquanto vou no meu estado alienado matinal sou acordada de forma abrupta pelo tinonim aflito de uma ambulância... Se há gente que gosta desta adrenalina de poder conduzir a alta velocidade e ultrapassar o pessoal, passar vermelhos e o melhor de tudo... faze-lo com alvará, terminantemente eu não, não gosto, não quero, tenho pavor.
Acho que sempre quis ser cabeleireira e portanto nunca pensei muito noutras possiveis profissões, no entanto existiam algumas que me 'faziam azia no estomago' tais como Policia, Bombeiro, Médico, Nadador-Salvador, enfim qualquer uma que se inclua na equação (perigo+salvamento de vidas=heroismo).
Coitados dos bombeiros que se embrenham pelo mato contra os fogos com aquele calor infernal, os nadadores-salvadores que entram pelo mar adentro em condições terríveis, enfim são profissões necessárias mas bastante exigentes. Como sou fraquinha, fraquinha vou-me limitando à minha existência que já não é pouco.
Fico em pânico só de pensar que uma vida depende de mim..., nunca tirei o curso de primeiros socorros porque assim não me sinto na obrigatoriedade de socorrer alguém em perigo( se o fizer, óptimo..., mas e se a pessoa fica em pior estado só porque lhe mexi de forma errada?)...
Fica aqui registada a minha GRANDE e ETERNA admiração por estes profissionais.

terça-feira, 14 de julho de 2009

boicote aos postos de combustível self-service


E não é por ser gaija..., O som que mais me deixa com os nervos em franja é o plim do painel de controlo do carro a avisar que o depósito de gasóleo está na reserva. Lá tenho eu de me dirigir ao posto mais próximo pagar uma pipa de massa e ainda por cima eu é que me presto o serviço... É que realmente não se admite que ao preço que estão os combustíveis ainda temos de ser nós a sujar as mãozinhas já para não falar do cheiro que fica( ainda se tivessemos desconto em litro...). Além de que para uma mãe com o carro cheio de crianças (ou mesmo só uma que até é o caso) é complicado deixá-las sozinhas no carro enquanto se atesta o depósito e depois para pagar. E ainda(parece a lista de premios do 123) o facto de extinguirem postos de trabalho. .... e no inverno?

segunda-feira, 13 de julho de 2009

queria voar...., voou.... e caiu



E tinha de ser...., até já tinha estranhado a demora. O Júnior lá de casa esta manhã aproveitou-se da distancia da mãe e do facto de estar em cima da cama para aprender a voar. Resultado: um choro de meia-hora e uma nodoa negra de 3 ou 4 cms de diametro.

Acho que a culpa é minha pois ultimamente tenho-lhe dado a ouvir uma música com a seguinte letra:

O elefante queria voar
A mosca disse-lhe:-Tu vais cair!'
O elefante teimoso voou
Voou, voou e caiu!

Estou a pensar em chamá-lo de pequeno Dumbo e acreditem que não é por causa das orelhas...

domingo, 5 de julho de 2009

Fim de semana relaxante.........

Porque ainda há gentinha reles que pensa que Portugal é uma seca, não se faz nem existe nada interessante, hoje faço publicidade à borla.

Jardim Buddha Eden, Quinta dos Loridos, localizada no Bombarral...




Com 700 soldados de terracotta espalhados no jardim...
A escadaria central...



'O Jardim da Paz é um espaço com cerca de 35 hectares, idealizado e concebido pelo Comendador José Berardo, em resposta à destruição dos Budas Gigantes de Bamyan, naquele que foi, um dos maiores actos de barbárie cultural, apagando da memória obras primas, do período tardio da Arte de Gandhara. Em 2001, profundamente chocado com a atitude do Governo Talibã, que destruiu, intencionalmente, monumentos únicos do Património da Humanidade, o Comendador Berardo deu início, a mais um, dos seus sonhos, a construção deste extenso jardim oriental. Prestando, de certo modo, homenagem aos colossais Budas esculpidos na rocha do vale de Bamyan, no centro do Afeganistão, e que durante séculos foram referências culturais e espirituais.' in www.berardocollection.com



quarta-feira, 1 de julho de 2009

O Mistério da Vida

Adoro os animais, as plantas, as crianças, a vida..., enfim adoro viver. No entanto tenho uma grande incompatibilidade com as plantas. Srs ambientalistas, Srs do Partido Verde... temos pena mas eu e as plantas definitivamente não co-habitamos.
Faleceu mais uma planta lá em casa.

E esta está em fase terminal..., não sei se promovo a eutanasia à planta ou não.

Quando fui viver para a MINHA casa muitas pessoas (cheias de boas intenções) ofereceram-me plantas e eu muito receptiva e bem intencionada recebi-as de braços abertos (nos sentidos literal e figurado da expressão) mas sem grande sucesso: ora bem, se lhes dava água morriam afogadas, se não lhes dava águas morriam à sede; se lhes dava água tipo 'mais ou menos' morriam porque tinham luz directa a incidir sobre elas ou porque não tinham sequer luz em direcção nenhuma; se tinham luz 'lusco-fusco' morriam por falta de nutrientes.... O caso mais complicado que me passou pelas mãos, digo braços, foi uma planta com depressão. Penso que se tratava de um 'Pau de água' ou nome parecido e veio de casa de uma senhora que adora plantas, tem imensas e fala com elas. Ora, como é obvio, não costumo falar com vegetais de qualquer categoria, muito menos com plantas e esta começou a amarelar, a murchar e a perder a folha(as ampolas anti-queda que tenho no salão só foram testadas para queda de cabelo, mas podia ter tentado na plantinha). Cheia de remorsos, telefonei à senhora e pedi-lhe que viesse explicar à sua antiga planta que esta nova dona não tinha tempo para fazer o chá das cinco com as plantas lá de casa e além disso não falava 'plantês'. A Sra veio, falou com a plantinha mas esta morreu na mesma. E agora penso eu: Que moral têm os vegetarianos que não comem carne só pelo simples facto de que não devemos matar os animais porque estes sofrem e também têm sentimentos? Então e as plantas?, É que pelo menos os animais têm pernas para fugir dos caçadores....

Ainda tenho 3 cactos... só não lhes conheço uma esperança de vida curta ou longa.

terça-feira, 30 de junho de 2009

Como ganhar 100 €uros em menos 30 minutos :)


À priori parece um daqueles títulos dum capitulo dos livros de auto-ajuda mas não, não é. É apenas a minha interjeição face ao que me aconteceu este fim de semana e que passo a relatar: Já ía a meio do precurso casa-trabalho quando ouço algo a bater no vidro do carro e instintivamente olho para onde julgo vir o som e vejo UM BURACO NO MEU VIDRO. Fiquei em estado de choque(mais ou menos) pois ninguém me ultrapassou, não ultrapassei ninguém, não ía atrás de ninguém, não ía à frente de ninguém, não vi ninguém na berma (a anáfora é de propósito) ora então como é que o raio da pedra ou seja lá o que for me foi bater no vidro?!?! Pronto Sininho... tem calma... ligas já ao teu Peter Pan e vais ver que ele resolve num instantinho a coisa(os maridos também são úteis nestas ocasiões)... E assim foi. Afinal os seguros prevem estas coisas e parece-me muito bem. Como o 'estrago' era apenas um buraco com diâmetro de uma moeda inferior a 2€ não havia necessidade de trocar de vidro, bastava repará-lo. Fomos então a uma 'casa' da zona centro do país muito conhecida por reparar e substituir vidros, os Srs simpáticos disseram que a reparação não demoraría nada e assim foi: em poucos minutos o Sr dá-nos a assinar o comprovativo da reparação para o seguro. Assinámos e entrámos no carro para virmos embora quando olhámos para o sítio da reparação.... mas qual reparação?!........ Juro que ficou IGUALZINHO ao que estava antes só que agora sem o relevo do vidro partido :S
Preço=99.90€

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Marketing ...que funciona?

E pronto, mais um anúncio de uma conhecida loja de electrodomésticos que se preocupa com as necessidades das donas de casa portuguesas. Sim, sim, donas de casa porque as casas são SÓ das senhoras; os homens não são tidos nem achados. 'Dona de Casa' é uma profissão exclusivamente feminina...., fora com os homens. Um homem que viva sozinho não pode limpar, passar, cozinhar isto é, toda e qualquer actividade doméstica porque não é 'Dona de Casa'.
É a conclusão que pelo menos eu chego após ver alguns anúncios a detergentes quer seja de roupa, louça ou limpeza variada; electrodomésticos; ambientadores; soluções de arrumação e por aí fora desde que tenha a ver com a manutenção do lar: são todos eles com senhoras ora a cheirar a roupa dos filhos; ora a passar com a esponja numa sujidade que se percebe ser artificial e ficar um branco imaculado a trás (com direito a estrelinhas a brilhar e tudo); ora a limpar (com o ar mais desesperado) a água da máquina de lavar que entretanto avariou graças à não utilização do protector adequado... E a sujidade exagerada da louça que eles colocam dentro das máquinas?, e já repararam que essa louça é tão suja porque é da casa de um solteiro (género masculino)?
É bem, penso eu. Em pleno século XXI que homens e mulheres trabalham fora de casa, que qualquer homem não tem qualquer medo duma esfregona ou do pano do pó, que tiram e estendem a roupa da máquina, que arrumam a louça nos armários e outros demais afazeres domésticos..., e vêm estes gaijos da publicidade com as teorias do 'público alvo' e mais não sei o quê manter a ideia que estes interesses são exclusivos às senhoras.
Pois bem, 'Srs Drs Publicitários' aqui vai uma opinião duma Dona de Casa Desesperada (não, não sou a Nicollete Sheridan(não me importava de jantar todos os dias com o Michael Bolton) nem a Marcia Cross, ou a Eva Longoria Parker e muito menos a Teri Hatcher), embora seja só uma, penso que represento um universo bastante alargado que justifique uma amostra para as estatisticas: Nós mulheres, achamos que um produto seja ele de que natureza for, é bom se os homens assim o acharem. Partindo do principio que os homens são adeptos da lei do menor esforço, então eles apreciam qualquer produto que lhes facilite a vida e portanto, nós também. Além de que também é agradável ver homens de avental. Aproveitem que esta é de borla ;)

E como diz o outro: Voltem sempre!

terça-feira, 23 de junho de 2009

Dinheiro fácil..., ou não


Este sábado, pela primeira vêz na minha vida, entrei num casino...
Tínhamos a apresentação de uma coloração nova que ía acontecer num conhecido casino na nossa Costa Verde depois dum jantar de gala.
O Peter Pan queria porque queria gastar 10€ nas máquinas ao que eu tentava a todo o custo dissuadir (afinal 10€ é o preço ilíquido de um brushing) mas sem sucesso. Lá fui eu 'atrás da banda' como diria a minha amiga Ângela, até ao piso das máquinas. Chegados lá, fiquei boquiaberta com tanta, mas tanta gente vidrada nos ecrãs das máquinas e com o seu molhinho de notas de 5€ à frente. Pessoas com o ar mais conhecedor do mundo da mecânica do jogo. Eu, o Peter Pan e a minha amiga tentámos, juro que tentámos manter o mesmo ar de entendidos mas como é obvio o nosso ar de provincianos veio ao cimo em menos de nada :S
(O Peter Pan e a minha amiga já tinham estado antes num casino mas parece que foi há muito, muito tempo a trás porque já nada é como parece ter sido... Parece que no tempo deles havia uma espécie de fichas que se colocavam na máquina para jogarmos e quando se fazia as linhas ou as colunas saiam um sem fim de fichas. O que tinha piada nem era ganhar dinheiro, era sim ver e ouvir as fichas cairem... ora, não sei..., não sou desse tempo :S) Ora nós entrámos com uma nota de 10€ e queriamos trocá-la pelas ditas fichas... que não existem. Procurámos onde se fazia a troca e como não encontrámos, perguntámos a uma senhora toda empenhada no seu jogo. A senhora explicou-nos rapidamente para não perder muito tempo, onde podíamos trocar dinheiro. Era numa máquina à entrada ao lado de uma de multibanco. Muito bem, encontrámos sem problema. Havia uma fila de senhores com tickets que se metamorfizavam em notinas de €. Entreolhámo-nos e quando chegou a nossa vêz o Peter Pan colocou a bela da notinha de 10€ e esperou..., eis então a coisa mais bela: saiem de lá duas (2) notas de 5€.... Rimo-nos tanto que toda a gente se virou, provincianos, portanto :S
Não tivemos outro remédio senão pedir ajuda e percebemos então que 'aceitam-se notas, obrigado' :S e mais uma vêz, provincianos, pois claro!!
Muito bem, agora com as notas em riste lá corremos para a máquina mais próxima, sim porque não percebemos se têm alguma diferença entre elas..., pareceram-nos todas com os mesmos 'jogos'... Introduzimos a notinha e ficámos expectantes à espera que alguma coisa se alterasse no ecrãn. Apareceram uma linhas e colunas, uns botões acenderam-se, carregámos à toa e uns créditos apareceram. Voltámos a carregar em mais um ou outro botão e.... jogo terminado :(
A nossa amiga fez o mesmo ritual e após duas ou três carregadelas em botões já tinha acomulado um número considerável de créditos, o Peter Pam diz: - Oh Ângela vê lá quanto é que isso dá em dinheiro. - E sai um ticket de 26€ :
Pronto, esta não jogou mais. Ficou toda contente por ter ganho 21€ assim em 3 segundos sem saber bem como (nem nós). Mas o Peter Pan ainda só tinha gasto 5€, portanto colocou a segunda notinha e teve uma sorte semelhante à da Ângela, sairam 25€. Agora que já estávamos com lucro aceitei jogar também 5€ . Coloquei a nota, carreguei no botão que dizia 'apostar 9 linhas', e pronto... sem créditos, sem fichas, sem adrenalina, sem perceber onde foi parar a minha notinha.

E lá fomos todos contentes para o hotel mas sem saber como se jogam naquelas coisas.

Admito que sou forreta..., bem não é ser forreta, faz-me confusão ver o dinheiro sair assim das nossas mãos sem nada 'palpavel' em troca.

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Simplesmente Espectacular





Imagina que estás no meio da selva e encontras uma cabana junto a um rio.
Entras na cabana e vês à esquerda 7 camas pequenas e à direita uma pequena mesa com 7 cadeiras.
Sobre a mesa está um cesto com 5 tipos de frutas. São elas:
a.. Maçãs
b.. Bananas
c.. Morangos
d.. Pêssegos
e.. Laranjas

Que fruta escolherias? - Acredita que a tua selecção revela muito de ti.
(digo os resultados após várias respostas)

À minha amiga Kateline


Foi num misturado de emoções que recebí a notícia do teu desaparecimento. Sabia que estavas mal mas não imaginava o quanto... Ao pensar em ti, imaginar o teu sofrimento, no que podería ter-te dito, as lágrimas querem rebentar. Eu sei que dizer-te o que quer que fosse não iría alterar a tua atitude, mas talvez diminuisse a dor.
É muito natural sentirmo-nos incapazes, não importantes, dispensáveis depois duma gravidêz dificil de conseguir e dum parto complicado. Vêmos alí uma criança pequenina nos nossos braços e não conseguimos ainda acreditar que é nosso, que é agora a nossa vez de mimar, cuidar, educar, criar para o resto da nossa existência. Tendo em conta o histórico, vivemos a gravidez toda em negação, não nos queremos agarrar a uma vontade tão grande, e quando damos pelo tempo já passaram 9 meses e o nosso filho já está a chorar com fome, com sono, com frio, com calor, com cólicas... E ao contrário do que se passa com os outros bebés que têm as suas mães para cuidar deles, agora somos nós. Eles choram e não podemos devolvê-los a ninguém pois esse alguém somos nós. Se ele chora no nosso colo então porque existimos?, fazemos falta para quê?
E ainda falta vir alguém dizer que se calhar devíamos fazer desta ou daquela maneira..., ah e tal porque ainda somos inexperientes..., mas será que estas pessoas que provavelmente já foram pais, não o foram também pela 1ª vêz?, e com as mesmas dificuldades, dúvidas, receios? Temos a sensação que se não existirmos o nosso filho não vai sentir a nossa falta....E tudo isto é tão estúpido para quem está de fora. Mas a verdade é que é mesmo estúpido, porque nada disto que sentimos é verdade. Porque nós também precisámos dos nossos pais, porque os nossos filhos são sempre nossos, só nossos; eles são o nosso sorriso, o objectivo de vida. É e tem de ser por eles que acordamos de manhã e vamos trabalhar todos os dias. São eles quem nos dá a energia necessária para aturar o chefe, os colegas, o dia a dia enfim. É tão bom chegar a casa e receber um abraço recheado de um beijo babado com pão, ou papa, ou sopa à mistura. Um sorriso. Uma gargalhada é tudo o que precisas para sorrires também e começares outro dia com toda a vontade de gritar ao mundo que o teu filho é o mais lindo.

Até sempre amiga, onde quer que estejas, fica um grande beijo.

terça-feira, 16 de junho de 2009

Parabéns Afonsinho


Depois de uma semana de total abandono, cá estou de novo.

Hoje, o meu amigo Rui Afonso faz 7 aninhos :) e recordo com um sorriso de orelha a orelha um dia que fomos à praia. Estávamos na água e embora a altura desta não fosse muito alta, para uma criança de 4 anos nunca se sabe quando vem uma ondita mais alta e nos atrapalha. Foi então quando lhe perguntei:
-Aqui tens pé, Afonso?
-Tenho, olha aqui...

E ei a resposta mais convicta a uma pergunta que mais parecia de retórica, levantado o pé e mostrando-mo. :S


Um beijo para ti, querido.

segunda-feira, 8 de junho de 2009

alface..., isso come-se?!




Estava a 'esplanar'- o meu desporto radical favorito- numa esplanada da minha cidade quando saiu a senhora da pastelaria com a sandocha nas mãos. Até aqui nada de anormal, cada um come como e onde quer. O estranho e incrível foi ver a senhora a abrir a dita sandocha, tirar a folha de alface e..... deita-la no chão. Fê-lo com tanta naturalidade que fiquei a pensar se teria mesmo visto o que acabara de suceder ou tinha só imaginado. Queria chamá-la à razão, queria chamar-lhe nomes feios, queria que apanhasse a folha de alface ao chão com a própria boca..., mas não conseguí. Fiquei alí, a ver a senhora a afastar-se sem se dar conta da minha perplexidade.

provavelmente, já sabem ler... quem sabe?|





E foi com muita curiosidade que o Júnior lá de casa recebeu mais um daqueles brinquedos arco-iris que fazem barulho e podem se pisados por um cilindro (daqueles que pisam o alcatrão) que mantêm-se intactos. Como de costume, amarrado por 10 mil arames e com livro de instruções. E agora pergunto eu: Para que serve o livro de instruções se a criança só tem 8 meses e ainda não sabe ler?

sexta-feira, 5 de junho de 2009

A Lista De Coisas Que Não Sabemos Ou Não Lembramos

Os Três Reis Magos
O árabe Baltazar: trazia incenso, significando a divindade do MeninoJesus. .
O indiano Belchior: trazia ouro, significando a sua realeza. .
O etíope Gaspar: trazia mirra, significando a sua humanidade.

As Sete Maravilhas do Mundo Antigo
1 - As Pirâmides do Egito
2 - As Muralhas e os Jardins Suspensos da Babilônia
3 - O Mausoléu de Helicarnasso (ou O Túmulo de máusolo em Éfeso)
4 - A Estátua de Zeus, de Fídias
5 - O Templo de Artemisa (ou Diana)
6 - O Colosso de Rodes
7 - O Farol de Alexandria.

As 7 Notas Musicais
A origem é uma homenagem a São João Batista, com seu hino -
Ut queant laxis (dó) Para que possam
- Re sonare fibris ressoar as
- Mira gestorum maravilhas de teus feitos
- Famulli tuorum com largos cantos
- Sol ve polluit apaga os erros
- Labii reatum dos lábios manchados
- Sancti Ioannis (SI) Ó São João

Os Sete Pecados Capitais
. Gula . Avareza
. Soberba
. Luxúria
. Preguiça
. Ira
. Inveja

As Sete Virtudes (para combater os pecados capitais)
. Temperança (gula)
.Generosidade (avareza)
. Humildade (soberba)
. Castidade (luxúria)
.Disciplina (preguiça)
. Paciência (ira)
. Caridade (inveja)

Os Sete dias da Semana e os 'Sete Planetas
'Os dias, nos demais idiomas, com excepssão da língua portuguesa, mantém osnomes dos sete corpos celestes conhecidos desde os babilónios:
. Domingo - dia do Sol
. Segunda - dia da Lua.
. Terça - dia de Marte
. Quarta - dia de Mercúrio
. Quinta - dia de Júpiter
. Sexta - dia de Vênus
. Sábado - dia de Saturno

As Sete Cores do Arco-Íris
Na mitologia grega, Íris era a mensageira da deusa Juno. Como descia do céunum facho de luz e vestia um xale de sete cores, deu origem à palavraarco-íris. A divindade deu origem também ao termo íris, do olho.
. Vermelho
. Laranja
. Amarelo
. Verde
. Azul
. Anil
. Violeta

Os Dez Mandamentos
1º - Amar a Deus sobre todas as coisas
2º - Não tomar o Seu Santo Nome em vão
3º - Guardar os sábados
4º - Honrar pai e mãe
5º - Não matar
6º - Não pecar contra a castidade
7º - Não furtar
8º - Não levantar falso testemunho
9º - Não desejar a mulher do próximo
10º - Não cobiçar as coisas alheias

Os Doze Meses do Ano
- Janeiro: homenagem ao Deus Janus, protetor dos lares
- Fevereiro: mês do festival de Februália (purificação dos pecados), emRoma
- Março: em homenagem a Marte, deus guerreiro
- Abril: derivado do latim Aperire (o que abre). Possível referência àprimavera no Hemisfério Norte
- Maio: acredita-se que se origine de maia, deusa do crescimento dasplantas
- Junho: mês que homenageia Juno, protetora das mulheres
- Julho: No primeiro calendário romano, de 10 meses, era chamado dequintilis (5º mês). Foi rebatizado por Júlio César
- Agosto: Inicialmente nomeado de sextilis (6º mês), mudou em homenagem aCésar Augusto
- Setembro: era o sétimo mês. Vem do latim septem
- Outubro: Na contagem dos romanos, era o oitavo mês
- Novembro: Vem do latim novem (nove)
- Dezembro: era o décimo mês

Os Doze Apóstolos
1 - Simão Pedro
2 - Tiago ( o maior )
3 - João
4 - Filipe
5 - Bartolomeu
6 - Mateus
7 - Tiago ( o menor )
8 - Simão
9 - Judas Tadeu
10 - Judas Iscariotes
11 - André
12 - Tomé.
(Após a traição de Judas Iscariotes, os outros onze apóstolos elegeramMatias para ocupar o seu lugar)

Os Doze Profetas do Antigo Testamento
1 - Isaías
2 - Jeremias
3 - Jonas
4 - Naum
5 - Baruque
6 - Ezequiel
7 - Daniel
8 - Oséias
9 - Joel
10 - Abdias
11 - Habacuque
12 - Amos

Os Quatro Evangelistas e a Esfinge
. Lucas (representado pelo touro)
. Marcos (representado pelo leão)
. João (representado pela águia)
. Mateus (representado pelo anjo)

Os Quatro Elementos e os Signos

. Terra (Touro - Virgem - Capricórnio)
. Água (Câncer - Escorpião -Peixes)
. Fogo (Carneiro - Leão - Sagitário)
. Ar (Gêmeos - Balança -Aquário)

As Musas da Mitologia Grega
(a quem se atribuía a inspiração das ciências edas artes)
1 - Urânia (astronomia)
2 - Tália (comédia)
3 - Calíope (eloqüência e epopéia)
4 - Polímnia (retórica)
5 - Euterpe (música e poesia lírica)
6 - Clio ( história)
7 - Érato (poesia de amor)
8 - Terpsícore (dança)
9 - Melpômene (tragédia)

Os Sete Sábios da Grécia Antiga
1 - Sólon
2 - Pítaco
3 - Quílon
4 - Tales de Mileto
5 - Cleóbulo
6 - Bias
7 - Períandro

Os Múltiplos de Dez
(os prefixos usados em Megabytes, Kilowatt,milímetro...)
- NOME (Símbolo) = fator de multiplicação
- Yotta (Y) = 10 24 = 1.000.000.000.000.000.000.000000
- Zetta (Z) = 1 021 = 1.000.000.000.000.000.000.000
- Exa (E) = 1018 = 1.000.000.000.000.000.000
- Peta (P) = 1015 = 1.000..000.000.000.000
- Tera (T) = 1012 = 1.000.000.000.000
- Giga (G) = 109 = 1.000.000.000
- Mega (M) = 106 = 1.000.000
- kilo (k) = 103 = 1.000
- hecto (h) = 102 = 100
- deca (da) = 101 = 10
- uni = 100 = 1
- deci d, 10-1 = 0,1
- centi c, 10-2 = 0,01
- mili m, 10 -3 = 0,001
- micro µ, 10 -6 = 0,000.0001
- nano n, 10 -9= 0,000.000.001
- pico p, 10-12 = 0,000.000.000.001
- femto f, 10-15 = 0,000.000.000.000.001
- atto a, 10-18 = 0,000.000.000.000.000.001
- zepto z, 10-21 = 0,000.000.000.000.000.000.001
- yocto y, 10 -24 = 0,000.000.000.000.000.000.000.001
- exa deriva da palavra grega 'hexa' que significa 'seis'.
- penta deriva da palavra grega 'pente' que significa 'cinco'.
- tera do grego 'téras' que significa 'monstro'.
- giga do grego 'gígas' que significa 'gigante'.
- mega do grego 'mégas' que significa 'grande'.
- hecto do grego 'hekatón' que significa 'cem'.
- deca do grego 'déka' que significa 'dez'.
- deci do latim 'decimu' que significa 'décimo'.
- mili do latim 'millesimu' que significa 'milésimo'.
- micro do grego 'mikrós' que significa 'pequeno'.
- nano do grego 'nánnos' que significa 'anão'.
- pico do italiano 'piccolo' que significa 'pequeno'.
- femto do dinamarquês 'femten' que significa 'quinze'.
- atto do dinamarquês 'atten' que significa 'dezoito'.
- zepto e zetta derivam do latim 'septem' que significa 'sete'.
- yocto e yotta derivam do latim 'octo' que significa 'oito'.

Conversão entre unidades
- cavalo-vapor 1 cv = 735,5 Watts
- horsepower 1 hp = 745,7 Watts
- polegada 1 in (1´´) = 2,54 cm
- pé 1 ft (1´) = 30,48 cm
- jarda 1 yd = 0,9144 m
- angström 1 Å = 10-10 m
- milha marítima =1852 m
- milha terrestre 1mi = 1609 m
- tonelada 1 t = 1000 kg
- libra 1 lb = 0,4536 kg
- hectare 1 ha = 10.000 m2
- metro cúbico 1 m3 = 1000 l
- minuto 1 min = 60 s
- hora 1 h = 60 min = 3600 s
- grau Celsius 0 ºC = 32 ºF = ?273 K (Kelvin)
- grau fahrenheit =32+(1,8 x ºC)

Os Dez Números Arábicos
Os símbolos tem a ver com os ângulos:
- O "0" não tem ângulos
- O número 1 tem 1 ângulo
- O número 2 tem 2 ângulos
- O número 3 tem 3 ângulos etc...

As Datas de Casamento
- 1 ano - Bodas de Algodão
- 2 anos - Bodas de Papel
- 3 anos - Bodas de Trigo ou Couro
- 4 anos - Bodas de Flores e Frutas ou Cera
- 5 anos - Bodas de Madeira ou Ferro
- 10 anos - Bodas de Estanho ou Zinco
- 15 anos - Bodas de Cristal
- 20 anos - Bodas de Porcelana
- 25 anos - Bodas de Prata
- 30 anos - Bodas de Pérola
- 35 anos - Bodas de Coral
- 40 anos - Bodas de Rubi ou Esmeralda
- 45 anos - Bodas de Platina ou Safira
- 50 anos - Bodas de Ouro
- 55 anos - Bodas de Ametista
- 60 anos - Bodas de Diamante ou Jade
- 65 anos - Bodas de Ferro ou Safira
- 70 anos - Bodas de Vinho
- 75 anos - Bodas de Brilhante ou Alabastre
- 80 anos - Bodas de Nogueira ou Carvalho

Os Sete Anões
. Dunga
. Zangado
. Atchin
. Soneca
. Mestre
. Dengoso
. Feliz

Você Sabia Que ?

1 - Durante a Guerra de Secessão, quando as tropas voltavam para o quartelapós uma batalha sem nenhuma baixa, escreviam numa placa imensa: 'O Killed'(zero mortos)... Daí surgiu a expressão ' O.K. '. Para indicar que tudo estábem.

2 - Nos conventos, durante a leitura das Escrituras Sagradas, ao se referira São José, diziam sempre 'Pater Putativus', (ou seja: 'Pai Suposto')abreviando em P.P'.Assim surgiu o hábito, nos países de colonização espanhola, de chamar os'José' de 'Pepe'.

3 - Cada rei no baralho representa um grande Rei/Imperador da história: . Espadas: Rei David (Israel) . Paus: Alex andre Magno (Grécia/Macedônia) . Copas: Carlos Magno (França. Ouros: Júlio César (Roma)

4 - No Novo Testamento, no livro de São Mateus, está escrito 'é mais fácilum camelo passar pelo buraco de uma agulha que um rico entrar no Reino dosCéus'... O problema é que São Jerônimo, o tradutor do texto, interpretou apalavra 'kamelos' como camelo, quando na verdade, em grego, 'kamelos' são ascordas grossas com que se amarram os barcos. A idéia da frase permanece amesma, mas qual parece mais coerente?

5 - Quando os conquistadores ingleses chegaram a Austrália, se assustaramao ver uns estranhos animais que davam saltos incríveis. Imediatamentechamaram um nativo (os aborígenes australianos eram extremamente pacíficos)e perguntaram qual o nome do bicho. O índio sempre repetia 'Kan Ghu Ru', eportanto o adaptaram ao inglês, 'kangaroo' (canguru). Depois, os lingüistasdeterminaram o significado, que era muito claro: os indígenas queriam dizer:'Não te entendo'.

6 - A parte do México conhecida como Yucatán vem da época da conquista,quando um espanhol perguntou a um indígena como eles chamavam esse lugar, eo índio respondeu 'Yucatán'. Mas o espanhol não sabia que ele estavainformando 'Não sou daqui'.

7 - Existe uma rua no Rio de Janeiro, no bairro de São Cristóvão, chamada'PEDRO IVO'. Quando um grupo de estudantes foi tentar descobrir quem foiesse tal de Pedro Ivo, descobriram que na verdade a rua homenageava D. PedroI, que quando foi rei de Portugal, foi aclamado como 'Pedro IV'(quarto).Pois bem, algum dos funcionários da Prefeitura, ao pensar que o nome da ruafora grafado errado, colocou um 'O' no final do nome. O erro permanece atéhoje.Acredite se quiser...

Para a Mariana ou outra qualquer


Ontem vi a Mariana com um barrigão de 5 meses que logo me transportou para a minha experiência. Já lá vão alguns meses mas ainda tenho bem presente todos os meus receios da altura. Depois de dois abortos espontâneos nem queria acreditar que aquela gravidêz era a sério. Lembro-me de nunca me permitir acariciar a barriga nem falar com o meu filho. Sempre que inconscientemente, o fazia tirava imediatamente a mão ou parava de falar-lhe. Não queria amar alguém que podia desaparecer dum momento para o outro- a dor sería menor. Sería?! Claro que não. Doi. Doi muito perder algo de nós. Não é a dor física que custa. Essa, nada que um ben-u-ron não atenue. Ficam por dentro cicatrizes que teimam em não desaparecer, e isto é que doi, magoa... Lembro-me que no final da gravidêz enquanto me olhava ao espelho pensava que não estava grávida...., estava apenas gorda :S

Com isto, não quer dizer que não queira ter mais filhos. Quero. Não só porque quero ter mais que um filho, como também sei que vou viver a próxima gravidêz mais tranquila. Vou corrigir-me ao máximo. Sei que vou errar sempre nisto ou naquilo, mas vou emendar no que puder.

Um aborto não é tão raro quanto pensamos. Se assim não fosse então não se viam as arvores cheias de flor na primavera e só um terço destas darem fruto.

Vai correr tudo bem desta vêz, Mariana. E mima muito o teu filho enquanto ele só te pode ouvir porque não vais recuperar este tempo.

Beijo para os dois e para alguém que está ou poderá vir a passar pelo mesmo.



quarta-feira, 3 de junho de 2009

ainda está longe :S




Estes ciclistas andam loucos

Eu sei que é um transporte com direito a circular nas estradas como outro qualquer, no entanto a minha tolerancia às bicicletas é bastante reduzida para não dizer NULA. (Na minha opinião devia haver um horário para as bicicletas poderem circular nas ruas, assim tipo os transportes especiais na nacional 1).
Todos os dias aproveito os últimos segundos para dormir mais um bocadinho e é claro que isto se reflete na minha paciencia para conduzir a 10km/h e normalmente com um olho meio aberto e outro fechado. No entanto, ultapassar um ciclista não exige tanta perícia como dois ou três. É que estes adeptos do pedal não só gostam de fazer exercicio físico acompanhados que acho muito bem, só não gosto de passar por eles, como fazem questão de ir lado a lado na cavaqueira... e já agora..., porque não dão as mãos e cantam uma canção?!
No outro dia íam uns 5 ou 6 miudos à minha frente ora aos circulos, ora a fazer cavalinhos e éguas. Apitei para me verem e darem passagem. Eles começaram a rir e continuaram com o espectaculo de freestyle. Pensei: devo dar gorgeta?
Hoje, como de costume, já vinha 15 minutos atrasada quando encontrei uma enorme fila de transito. Inicialmente pensei tratar-se de acidente pois lá muito para a frente viam-se as luzes de uma ambulancia e assim pensei durante uns bons 4 ou 5 kms até perceber que se tratava de uma prova de ciclismo...




terça-feira, 2 de junho de 2009

Perfil do português típico


Procura-se:


- NOME: António Manuel (tómané)
- PROFISSÃO: Funcionário público
- IDADE: 43 anos
- ALTURA: 1,62 m (sem sapatos, porque com sapatos, que é o que interessa,1,66 m)
- PESO: 83,4 Kg
- OLHOS: Castanhos (verdes no verão)
- SINAIS PARTICULARES: Bigode
- NOME DA MULHER: " A minha esposa chama-se Ivone e é uma senhora que se dá ao respeito, por isso nada de porcarias ao pé dela..."
- SINAIS PARTICULARES DA MULHER: 123-96-148 (mas era cá um avião quando era nova...!)
- FILHOS: 1,5 (1 legitimo, mais 0,5 a dividir com o marido da amante)
- CLUBE: Benfica
- ÍDOLO: Luis Filipe Vieira. (se o homem fosse desonesto, já o tinham prendido...vocês é que têm dôr de corno !!!!!)
- ÓDIO: a RTP1 (não a vejo, porque é dos 'gajos'. Só vejo a SIC e a TVI que são nossas ! )
- DESPORTO PREFERIDO: Morfar.
- PRATO FAVORITO: Pezinhos de coentrada e pudim Molotof.
- RECORD PESSOAL: Cuspidela de 4,4 m (vento regular)
- SITUAÇÃO IDEAL PARA FAZER AMOR: O que é isso?
- FRASE PREFERIDA PARA A COMPANHEIRA: "Mas a conversa já chegou à cozinha?!"
- PERFORMANCE SEXUAL: 3,84 minutos no acto ("record alcançado duas vezes, a primeira em 3-07-1975 e a segunda no dia 4-05-1996, e não precisei para nada dessa porcaria do Viagra!....")
- DIMINUTIVO DA SOGRA: Cabra.
- PENSAMENTO SOBRE O SOGRO: "Até que era um gajo porreiro..."
- PENSAMENTO SOBRE A VIDA: "Desde que haja comidinha na mesa e que o Benfica não perca (sinais dos tempos...), estou-me a cag*r para o resto.... "
- POSIÇÃO SOBRE OS BOMBARDEAMENTOS: " Rebentem as fronhas aos monhés!"
- MUSEU FAVORITO: o Trombinhas ("…vou lá para ver as estátuas...não sei se 'tás a ver?!")
- HOBBY preferido: "adoro encontrar-me com uns amigos para podermos conversar sobre gajas e futebol"
- O QUE MAIS GOSTA EM PORTUGAL: Amália (sempre), Salazar (se o homem cá tivesse andavam todos na linha), Bárbara Guimarães (Viste-me aquela tranca pá!?....)
- JORNAL PREFERIDO: A Bola ("Ao Sábado, na casa de banho… enquanto evacuo")
- LOCAL DE FÉRIAS IDEAL: "O Correia foi a Cuba de ferias, sem a patroa e diz que aquilo é à fartazana..."
- LOCAL DE FÉRIAS: " Havias de ver a roulote que tenho no parque da Costa, aquilo é um luxo, e no Verão com o adiantado para as sardinhadas fica um mimo!..."
- GRANDES ASPIRAÇÕES NA VIDA :"Benfica campeão ( que saudades! ) , um Jipe , uma mota-de-água e um telemóvel dos que tiram fotografias "